Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





30/07/12


                                         emoção peço-te: solta minh’alma!
construíste nela o ninho para viver
sem me dares tempo a poder dizer:
- sonhei singela,  nua,  pura,  calma...

se canto amor,  paz,  fé,  esperança,
sonhos,  tristeza,   dor,  ou amargura...
aqui levito numa onírica lembrança
de ter asas,  ser livre,  sempre tua

saber-te, emoção, dentro de mim
sem meu estro licença te ter dado
leva-me a desejar ser terra ruim

estéril,  ausente do sagrado
jamais sentir vibrar o coração
nem submeter-me à... agitação.

"in" livro Pleno Verbo

17/07/12


UIVAR DOS LOBOS



no tempo do vento advinha-se a angústia
e consome-se a alegria da alma

no tempo do vento roem-se unhas
de olhos espantosamente espantados
cegos pela areia arremessada
de uma assustadora onda corrompida
e inevitavelmente sangram sabugos
no silêncio do abismo

no tempo do vento os olhos são mar de dúvidas
a certeza ficou no uivar dos lobos
obstinadamente lançado à abóbada da dignidade

no tempo do vento
num mecanismo asfixiante
é servida a ausência de novos horizontes.




Teresa Gonçalves 2012/07/04

02/07/12



sinto nas asas
o peso dos túmulos.
 no coração
o peso das palavras.
da alma soltam-se pétalas roxas
que deslizam entre os dedos
                                              angustiadas