Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





25/07/11

Escultura de Jean Pierre Angier

não é preciso imaginar
quando o pranto rega um rosto
a ternura de um abraço
detém o rio dos olhos
numa porção de alegria
extraída das sílabas do coração

não é preciso imaginar
quando a dor_ doença ou medo
traçam caminho no inferno da vida
o afago quente e manso
da presença dos teus braços
é um céu tranquilo de conforto

não é preciso imaginar
quando pulsam no peito
dons de aurora e fontes de carinho
respirando solidariedade
pela matriz amor e amizade
testemunhamos o milagre
da ternura de um abraço.

“in” Singelo Canal



51 comentários:

  1. Me alegro mucho de tu vuelta,y poder leer tus bonitos versos,un abrazo.J.R.

    ResponderEliminar
  2. Não é preciso imaginar que as palavras te saem da alma...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. É fato- não é preciso imaginar quando o pranto rega o rosto.

    Nem preciso dizer mais nada.

    Um beijo enorme e uma ótima semana!!

    Adorei o texto!

    Espero por vc no Alma!

    ResponderEliminar
  4. Um abraço para o teu abraço, amiga Tecas.
    Não é preciso imaginar...quanta sensibiliadade tens dentro da alma.
    Beijos.
    Catarina

    ResponderEliminar
  5. Tecas querida
    Lindo minha amiga.
    "Não é preciso imaginar"!!! Eu também penso que não, mas deixar apenas as coisas acontecerem por e simplesmente. Mas nunca deixar de sonhar.
    Beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  6. Tecas nem preciso imaginar que lindo é teu coração com poemas tão lindos assim parabens amiga uma linda semana com muita paz e alegrias
    um abraç com carinho marlene

    ResponderEliminar
  7. Não, não é preciso...
    É preciso sonhar apanhar....
    Lindo....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  8. Não é preciso imaginar. Não é, quando se tem amor
    ao nosso semelhante. Lindo.
    Beijos
    Helena P.

    ResponderEliminar
  9. Minha querida amiga,
    ...a isto eu chamo de abroçoterapia numa poesia onde a sensibilidade grita...
    Um abraço...é o calor da alma, o aconchego do peito, a voz do coração...
    Um abraço é a segurança no aperto enrolado dos nossos braços...
    São dois campos que se fundem, para além do que é físico...
    Uma poesia linda!
    ...e aí vai aquele abraço terno e amigo e enorme!
    M.B.

    ResponderEliminar
  10. Tecas minha querida, seus versos estão belíssimos!Muitos aplausos para ti...!
    Amo abraçar também...Quantas coisas cabem num abraço?!
    Sinta-se abraçada...com carinho...Mila.

    ResponderEliminar
  11. abraço-te muito amiga e mais um obrigado pelo teu belo Poema!!!!

    jorge

    ResponderEliminar
  12. Ola Tecas
    obrigada pela sua visita ao meu cantinho e pelo lindo comentário que lá deixou.
    O selinho que voce pegou é o do blog do selinhos, que também é seu, mas o que eu queria te oferecer tambem era o 200 seguidores. é o segundo!
    alías que quiser pode levar todos rsrs
    estou brincando, leve o que voce mais gostar.
    abraço muito amigo e obrigada de coração pelo carinho de sua amizade
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  13. Tecas passando rapidim kkkkk te mandei um email, aguardo resposta. beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. Tecas lindo o seu poema!
    No momento de dor e aflição, o calor da ternura do abraço aquieta nosso coração.
    abraço muito amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  15. Abraçar é a melhor forma de expressar o amor que sentimos, "se pudéssemos abraçar o Mundo..."
    Um abraço da Mery pra ti, estou seguindo teu blog.

    ResponderEliminar
  16. Oi querida Tecas!
    Faz tempo que não vinha pois a doença de minha mãe me retirou a vontade de blogar. Mas, graças a Deus cá eatou! Adoro os teus poemas e este é mais um que me encheu a alma.
    Um beijo bem grande em teu coração!
    Tem uma bela semana.

    ResponderEliminar
  17. Oi querida Tecas!
    Faz tempo que não vinha pois a doença de minha mãe me retirou a vontade de blogar. Mas, graças a Deus cá eatou! Adoro os teus poemas e este é mais um que me encheu a alma.
    Um beijo bem grande em teu coração!
    Tem uma bela semana.

    ResponderEliminar
  18. E com um abraço,digo-te Tecas,o teu poema é o que tu és.Um abraço de amor e solidariedade.
    Um beijo do
    José Pedro

    ResponderEliminar
  19. Sou companhia, mas posso ser solidão. Tranqüilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio…
    Clarice Lispector

    Tecas querida,meu abraço para você,amiga:
    Leninha

    ResponderEliminar
  20. Querida amiga, as tuas palavras são poesia que alegra o meu espirito.
    O consolo deixado em mim é o lenitivo suficiente que impulsa a prosseguir. Bem hajas.
    Um chi-coração

    ResponderEliminar
  21. Tecas

    obrigada pelas tuas lindas palavras
    eu sou avó a tempo inteiro,ás vezes é difícil mas o amor vence tudo...



    Dia das avós é dia de Amor...




    Hoje é dias dos avós.
    Mas... amanhã...
    Depois de amanhã...
    E sempre...
    É dia dos avós...
    ... Do mimo...
    ... Da ternura...
    ... Do carinho...
    ... Do estar...
    ... E de poder transmitir...
    ... A força...
    ... E a confiança...

    Eu sou avó...
    Todos os dias...
    E é tão bom...
    Poder sentir...
    Essa confiança!...

    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  22. Nem é preciso imaginar qto é belo teu poema, somente apreciar.

    um grande beijo!

    ResponderEliminar
  23. Eu li e eu amo a sua poesia tanto, eu estou contente de encontrar o seu blog, eu seguir-te agora ...

    É uma delícia de ler você, beijos

    ResponderEliminar
  24. Dois corações tocando a mesma música são um com força redobrada.

    L.B.

    ResponderEliminar
  25. El abrazo siempre al rescate. Su poema es de amor y esperanza.
    Ud me compromete a aprender portugués, las traducciones Google no son humanas, a esos traductores automáticos les falta el pulso de un poeta.
    Me gusta lo suyo, la acompaño aunque, a veces no comente en voz altao.
    http://enfugayremolino.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. Preciosos versos excelentemente complementados con la fotografía de esta original y creativa escultura.
    Tecas es todo un placer leerte.
    Un abrazo.
    Ramón

    ResponderEliminar
  27. Oi, Tecas :)
    Um abraço sincero sempre conforta... acalma... sossega... o/
    Sentimo-nos protegidos e tranqüilos nos braços de quem amamos.

    Eu que aprendo com seus lindos poemas, cheios de sensibilidade! :D

    Bjs ;)

    ResponderEliminar
  28. É a minha estreia...e começo logo por lhe levar a ilustração, que acho um espanto, rrss

    Depois disto, ainda é necessário dizer que gostei?!

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  29. Tecas,


    Sou fã incondicional de seus escritos ...
    Abraço é algo que tenho como muito especial, e,
    poucas vezes ,li alguém falar assim , de forma tão bela e doce do Abraço.


    Te abraço com carinho , amiga.

    ResponderEliminar
  30. Tecas querida,obrigada pelo carinho no Love de minha vida,você é uma pessoa linda.Te gosto muito...bjssssss,Leninha.

    ResponderEliminar
  31. Tecas

    Não! Não é preciso imaginar que um abraço (coisa simples) seja uma âncora tão firme.

    Beijo

    SOL da Esteva
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  32. Nada é impossil.
    Na força da possibilidade
    Encontra na vontade
    O predominio da tenacidade.
    E mais mais resistente e insitente
    Do que a simples coragem
    Para empreender (A VIAGEM)
    Minha cola de hoje.
    Foi feita pela minha amada
    e muito querida (Eloah).
    E ESSA FORÇA RECEBIDA.
    É ESSE AMOR SEM MEDIDAS
    QUE ME DA FORÇA PARA SEGUIR
    A JORNADA DA MINHA VIDA
    UM FINAL DE SEMANA NA LUZ
    E NA PAZ DE JESUS.
    BJS.NO CORAÇÃO.EVANIR.

    ResponderEliminar
  33. Olá,tecas!!

    Que belíssima poesia e imagem!!!
    Encantou-me profundamente!E como aquece o coração um abraço!!
    Beijos pra ti!

    ResponderEliminar
  34. E veja que deixo pra ti um abraço de ternura e um beijo de amor...

    Cat

    ResponderEliminar
  35. Abraço profundamente o poema e abraço-te a ti, num abraço de amizade. O abraço diz mais do que mil palavras.
    Abraço-te.
    C.A.

    ResponderEliminar
  36. Seja bem-vindo Tecas!!
    Aqui fica minha homenagem aos meus amigos virtuais..
    Aqui fica meu aperto de mão,
    por aqui, não encontrar,
    mais, que um abraço virtual,
    que aqueça meu coração.

    POEMA PARA AMIGOS
    Um dia podemos não nos ver.
    Hoje, vamos estar por perto,
    Nem que seja no deserto.
    Abrimos, a saudade,
    fica intacta a felicidade,
    Para que possamos lembrar.
    que existe a saudade…
    Um dia não mais existimos...
    Mas, se ficar a amizade,
    O encontro se dará
    Até pode ser que tudo acabe...
    Mas a amizade construirá
    De novo, tudo novamente,
    Nem que seja de maneira diferente.
    Como que seja único o momento •
    E no virtual, viveremos para sempre.
    Há muitas formas de viver a vida
    Uma é a acreditar,
    Que somos só espírito, aqui habitar.
    A outra, deixar tudo como está.
    Por: Joaquina

    ResponderEliminar
  37. Minha querida Tecas
    Não é precido imaginar... basta sentir o efeito dum abraço quando uma lágrima rola pelo rosto ou a dor se instala dentro do peito...
    Adorei o poema! Parabéns!

    A escultura é espectacular! Muito boa escolha.

    O texto que leste na na minha «CASA» não é um conto, mas o relato de cenas reais, vividas nos tempos que passei em África. Este texto fará parte de um livro que penso escrever, e para o qual estou coligindo apontamentos.

    Uma semana feliz. Beijinhos

    ResponderEliminar
  38. Bello poema amia, la ternura del abrazo es tan necesaria para poder vivir que sin ellos sería muy triste estar en el mundo.Besitos y buen finde

    ResponderEliminar
  39. A descrição a criar-se nu viver da acção! Bjs

    ResponderEliminar
  40. Eu te li lá no blog do Francisco, esse aí de cima!
    Que imenso mundo de sentimentos ler vocês. Os poetas sempre me encantaram... e me alimentaram de muita companhia.
    De vez em quando eu virei te ver... e te ler... com muito gosto.
    teca com mais um S, que divertido! :))
    Um beijo enorme! "...a ternura de um abraço
    detém o rio dos olhos..."
    Felicidades.

    Ah! Deixa um dia desses eu postar um verso seu?

    ResponderEliminar
  41. Um conjunto perfeito! Imagens e palavras incríveis.
    Beijos em sua alma iluminada...

    ResponderEliminar
  42. É simplesmente maravilhoso gente eu amei é incrível parabéns gostei muito deste trecho aqui...
    não é preciso imaginar
    quando o pranto rega um rosto
    a ternura de um abraço
    detém o rio dos olhos
    numa porção de alegria
    extraída das sílabas do coração
    Lindo...Lindo....Bjus

    ResponderEliminar
  43. Um lindo poema. Grata a você pela visita, Yayá.

    ResponderEliminar
  44. Tecas, digno de um grande abraço, o teu poema.
    Muito bom.
    Beijo e um abraço.
    Jorge Santos.

    ResponderEliminar
  45. Sim, é verdade, amiga!

    Não é preciso imaginar:

    sente-se!


    Beijinhosss

    ResponderEliminar
  46. Duas obras de arte a poesia e a imagem da escultura.

    Abraço

    ResponderEliminar
  47. Que amoroso abrazo, Tecas, bellas palabras de tu poesía, cálidos saludos,

    ResponderEliminar
  48. Poema e obra casam lindamente.
    Belo!

    Beijos, amiga.
    Tais Luso

    ResponderEliminar
  49. " Só sei que nada sei "
    É o que sinto quando leio o que escreve, pura e simplesmente Belo.

    ResponderEliminar