Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





27/07/10

DESALENTO

Imagem Google

que dedos de bruma
vão tecendo a hora de coisa nenhuma?
nas pausas da tarde
que mistério chora que espantalho arde?
de lábios de espuma
que mar me devora
que noite me invade
entre o verso e a rosa
o que a alma ignora me roubou a tarde?
de que lado sopra o vento?
qual a estrada errada?
onde ir buscar o alento para encorajar o nada?
pouco ou muito sentimento
não responde a esta chamada
da vida desencontrada
dos espantos do momento
vai-se o tempo, vai-se o vento
fica a estrada inacabada
e uma forte dor alastra
que me rói o pensamento.

"in" painel multicor ( volume II)

19/07/10

LOUCO

Imagem Google

quando passo por ti
olho o teu rosto alienado
que pobres mortais
troçam sem piedade, sem respeito
sinto por ti solidariedade
de louco, para louco, sem despeito.

caminhas sem tino
sem destino
desafiando os lúcidos
tão lúcidos de que o são
que a tua loucura tão louca
lhes faz perder a consciência
e a razão.

e quando
nas ruas gritas alienado
não vêem um ser humano
magoado
a lucidez também é louca
por a sensatez ser tão pouca
tão cega pela vaidade
que mutila os sentimentos
a humanidade.

e tu
queimas teu peito
indiferente à dor
do teu corpo que já não sente
por abrires uma porta
sem querer
de um mundo tão louco
que só a ti... pertence.

" in" olhar interior (homenagem ao Quim e a todos os Quins do mundo)

05/07/10

MEU CANTO

Imagem Goolge- Segredos do Universo
entrego o meu canto ao Universo
de ave livre em restrito espaço
e em cada letra de meu verso
abro as minhas asas num abraço

entrego o meu canto à Natureza
na imperfeição de ser cantante
tento absorver sua beleza
num voo emotivo estonteante

infinito mundo d'esperança
vive sem viver dentro de mim
nos afagos doces da criança
que tenho em mim até ao fim

e no meu canto dividido
entrego o pulsar da sensação
de que cada dia é vivido
entre realidade e ilusão.

(in)entre dois nós