Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





26/02/11

Imagem da Net

abro as asas queimadas
renasço e recrio-me
voo na carícia do tempo
desnudo silêncios
encantos e mistérios
tormentos revoltas
de dentro para dentro de mim
T.G.

25 comentários:

  1. ...e lá nos encontramos, dentro de nós.

    Bom fim de semana, bjos.

    ResponderEliminar
  2. De dentro prá dentro de mim...

    Esse é o segredo,Tecas.

    Vim agradecer sua carinhosa visita ao Desassossego e me encantei com seus versos. Vou ficar, com certeza. Espero que vc volte lá em casa , também.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. ...Renasco e recrio-me de dentro para dentro de mim...
    Lindo,amiga!
    Beijos da
    Catarina

    ResponderEliminar
  4. No retorno de si mesma, o RE-encontro consigo mesma. E não há sensação melhor que esta.



    ¬
    Bom domingo!!

    ResponderEliminar
  5. "de dentro para dentro" deve ser uma forma de interiorizar o interior, a ideia agrada-me, agarro-a e solto-a: a dar liberdade recebo-a... beijos

    ResponderEliminar
  6. Bonito poema, Tecas, con un excelente final "de dentro hacia detro de mi -interior-". Me gusta. Saludos y espero estes pasando un estupendo fin de semana. Saludos cordiales.
    Ramón.
    P.D: Buena imagen para acompañar el poema.

    ResponderEliminar
  7. No retornar dentro de ti para dentro de ti, lindo!!!Reencontro de ti para ti...depois de queimadas as asas. Divinal,Tecas.
    Beijos
    C.A.

    ResponderEliminar
  8. infinito silêncio / num abraço efêmero / capta-nos da essência

    ResponderEliminar
  9. Abraço Tecas. Quase sempre as águas calmas e os tubilhões do pensamento, tem origem em nos olhar-mos de dentro para dentro, mas é o Mundo de fora que lhe dá envolvimento (!?).
    Quanto áquele poema declamado ao som do canto das águas do rio, é uma nova modalidade que irei praticar. Só tenho que estar atento e só, para o poema não se perturbar.
    Beijos e abraços poéticos amiga.

    ResponderEliminar
  10. Abra as asas e renasça
    Mesmo que entre em auto-combustão.
    Aguente tormentas, de dentro para dentro,
    mesmo que exploda o coração.
    Você é forte, menina, voe... voe alto!
    ou para dentro.
    E porque não?

    Beijinhos
    com grande carinho
    Fátima

    ResponderEliminar
  11. É dentro de nós que podems renascer e voltar a ter asas.
    Excelente poema, gostei muito.
    Querida amiga, boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Qual fênix o poeta renasce nas palavras e voa solene...
    grande abraço!

    ResponderEliminar
  13. Lindissimo ....como sempre .... abrigado pela visita e gentil comentario ... sou seguidor sim do seu blog com gosto , pq é tudo lindo por aqui ... abraços

    ResponderEliminar
  14. Lindissimo...excelente...
    de dentro para dentro de nós é que nos conhecemos na verdade do que somos.
    Beijos, Tecas
    Helena P.

    ResponderEliminar
  15. Renascer e recriar são exercícios diários,concorda Tecas? Lindo, seu poema!

    Obrigada por sua gentil visita.

    Beijocass

    ResponderEliminar
  16. lindo este desnudar de silêncios...de dentro,para dentro
    um beijinho cheio de amizade

    ResponderEliminar
  17. "De dentro para dentro de mim" todos os sonhos, todas as mágoas todas as alegrias. À revelia de lembranças passadas... Um belo poema!
    Um beijo, amiga.

    ResponderEliminar
  18. Desnudar silêncios de dentro para dentro!
    Belo poema, amiga
    Beijo
    Jorje Santos

    ResponderEliminar
  19. Teresa Gonçalves
    Sua pessoa, sua poesia, me deslumbram neste universo, como o mundo seria mais mundo com pessoas como Teresa Gonçalves
    É um orgulho poder fazer parte deste seu mundo, e ser uma amiga virtual, com admiração e respeito,
    Efigenia Coutinho

    ResponderEliminar
  20. Qual Fénix, tens o fascinio pelos mais audazes voos, depois de renascida das cinzas!

    Abraço!
    AL

    ResponderEliminar
  21. Renascer e recriar para novas asas te acariciarem dentro de ti. E novos e sãos voos em caminhos de liberdade acontecem. Belo este poema de posisitivismo.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. ...eu costumo dizer: " falo de mim, para comigo" ;):)

    Agradeço e retribuo visita ao meu cantinho.

    Tudo de bom.

    Bem-haja.

    ResponderEliminar
  23. Para dizer tanto A Poeta não precisa de muitas palavras. Lindo!!! Voei com a tua Poesia! bjos

    ResponderEliminar
  24. Renasce para nos oferecer excelente e bela poesia...
    Beijos do admirador,
    José Pedro

    ResponderEliminar
  25. é preciso voar
    mesmo de dentro para dentro

    um beijo, tecas

    ResponderEliminar