Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





19/06/11

Imagem da Net/ meu amor, eu sou de vidro
límpido e transparente
não de vidro embrutecido
trabalhado no momento...

meu amor, eu sou de vidro
frágil, fino, delicado
não de vidro embrutecido
e em teus braços eu digo
meu amor, eu sou de vidro
toca-me com muito cuidado...

meu amor, eu sou de vidro
alma, corpo, sentimento
não de vidro embrutecido
e se não tens esse sentido
meu amor, eu sou de vidro
quebras-me em qualquer momento

( avisei, meu amor, eu sou de vidro.)

in" Singelo Canal

40 comentários:

  1. Lindo post! Maravilhoso poema.
    Beijokas e boa semana pra você.

    ResponderEliminar
  2. Tecas, minha querida, maravilhoso poema. Acredito que sejas de vidro...és transparente!
    Beijos
    Catarina

    ResponderEliminar
  3. E essa quebra será simplesmente de doer... e de esbagaçar... pobre coração...


    Belo poema!

    bjs

    Catita

    ResponderEliminar
  4. Tecas,

    Tão lindo, sensível com é o amor, como deve ser o trato ao amor!

    Um abraço, Marluce

    ResponderEliminar
  5. O vidro é frágil!

    Mas é fino e elegante!

    Bjsss

    ResponderEliminar
  6. ...uma sensibilidade aflorada, vidro que quebra e se desfaz...gostei, gostei!!! Te seguindo! Boa Noite!

    ResponderEliminar
  7. Vou comentar sem gestos bruscos...

    Lindo e transparente. Só não vê quem não quer:)

    ResponderEliminar
  8. TECAS MINHA DOCE E QUERIDA MENINA ,,NÃO SEI COMO É SEU ROSTO MAS É ASIM QUE MEU CORAÇÃO TE VE COM OS OLHOS DA ALMA!!!LINDO ESTE POEMA,TRANSPARENTE COMO O VIDRO,TÃO FRAGIL COMO O AMOR,,ADOREI AMIGA.
    TENHA UMA LINDA SEMANA COM CARINHO MARLENE

    ResponderEliminar
  9. Pelo ar vogam balões
    Pelo chão ardem fogueiras
    Com o martelinho na mão
    Saltam alegres foliões
    Para trás ficam canseiras...
    É noite de S. João!

    Para a Teresa um beijão do Jaime

    ResponderEliminar
  10. É bom d+ te encontrar aq e receber seu carinho.
    Ele me faz tao bem. Agradeço pelas tuas mensagens.
    Tudo que é bom dura o tempo,
    suficiente para se tornar inesquecível.
    Muito obrigado pela tua amizade.
    Que a doce paz faça parte de seu coração hoje
    e sempre e haja vida resplandecendo
    através do seu suspirar.
    Que você tenha muita luz e paz.
    Muito obrigado por existires.
    feche seus olhos e deixe seu coraçao falar
    Pois ele nunca falha
    Quando for dificil decidir .
    Beijos no coração uma linda semana.Evanir
    li seu poema estou até com vontade de homenagear você outra vez.

    ResponderEliminar
  11. Belo poema, minha amiga :)

    Muitos beijinhos!
    Jorge

    ResponderEliminar
  12. boa tarde querida Amiga Tecas
    Obrigada por sua linda visita e pelas suas doces palavras!
    de todo o coração eu te agradeço.
    Sim a sensibilidade do coração precisa ter cuidada com muito carinho e cuidado, para não quebrar ao menor toque. Se cuidados com ternura, com certeza que dentro de sua fragilidade nem a maior tempestade a quebrará. o Amor é assim muito delicado e forte ao mesmo tempo, mas para manter a sua força precisa ser cuidado com muita ternura e delicadeza.
    Tecas eu tenho certeza do quanto voce é uma pessoa muito especial.
    Quero te agradecer pela presença e carinho ternura de sua amizade no meu mundo magico do meu coração.
    Tenha uma linda semana
    Abraço muito amigo em seu coração
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  13. Delicioso o teu poema, Tecas querida. Minha amiga, não quero que te quebres...iria sentir saudade dos teus poemas...rs.
    Excelente. Quero mais...rs
    Beijos
    Helena P.

    ResponderEliminar
  14. "O anel que tu me deste era vidro e se quebrou
    o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou..."

    Belíssimo poema ,querida nova amiga(posso chamá-la assim?)
    Cheguei aqui através do blog de Manuela,que já é uma querida há mais tempo.E,parei, encantada
    com a beleza de teus poemas,a delicadeza de tuas palavras e o canto de sereia me deixou refém de seu lirismo e sonho...és vidro?Não,és cristal do mais puro.
    Bjsssssss,Leninha

    ResponderEliminar
  15. Tecas, lindo esse poema. *.*
    Quando eu li, senti verdadeiramente o significado de cada palavra.
    É assim mesmo. Qualquer gesto impensado e/ ou qualquer palavra cortante transforma os sentimentos em cacos, como um vidro despedaçado.

    Bjs ;)

    ResponderEliminar
  16. Oi Tecas
    Uma honra ter voce entre os que comentam e me deixam palavras .Ah as palavras elas é que por aqui fazem toda a diferença! obrigada .
    O poema é delicado, faz contraponto com a fragilidade do vidro e o sentimentos forte do amor.
    Qdo minha conexão estiver em ordem volto pra levar o selinho que marcou o dia do lançamento do seu livro e breve quero mais detalhes de como adquri-lo.
    estou em outro recanto meu no momento tentando negociá-lo pra poder voltar a base rs
    abraços obrigada pelo carinho
    um belo verão muito sol e brilho ok?
    com afeto

    ResponderEliminar
  17. Oi minha querida Tecas!
    E eu ia passando e este vidro delicado envolvia-me na sua transparência...
    Que delicadeza de poesia, cheia de harmonia, com uma ternura encantadoramente feminina!
    Uma delícia, essa repetição frásica como um grito terno e manso!
    Das mais lindas poesias que tem escrito e que eu ainda não tinha descoberto!
    Eis o cristal de que é feito este Coração entre Palavras!
    Parabéns, Tecas!
    Abraço

    ResponderEliminar
  18. Tecas!!
    Na verdade nem sei se devo chama-la assim
    gosto de respeitar as diferenças entre quem posta poema diante de quem é poeta.
    ÈS uma poetisa de uma grande talento seu poemas são belissimos .
    È como falamos aqui no Brasil..Uma fera diante do que faz.
    Na verdade é assim que vejo você uma fera poetisa de grande talento.Um dia lindo beijos,,Evanir.

    ResponderEliminar
  19. Por vezes o cristal

    é mais forte que o seu brilho

    ResponderEliminar
  20. Bello poema,un gusto visitar tu casa,un abrazo.J.R.

    ResponderEliminar
  21. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Catia Bosso Poesias. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  22. só o amor quebra barreiras e se o vidro é uma barreira transparente para o amor então que seja quebrado
    bjs

    ResponderEliminar
  23. A fragilidade do amor... Um belo poema, amiga.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  24. Quando estamos apaixonados, estamos de certa forma fortalecidos, mas por outro lado, bem frágeis também. Somos de vidro sim. Beijos

    ResponderEliminar
  25. Ciao!! lindo blog me fascina las imágenes que pusiste!!espero que pases por el mio

    Cuídate!!

    ResponderEliminar
  26. amiga Tecas vim deixar um abraço desejar-te muita paz luz harmonia e serenidade em teu coração
    um abraço com carinho marlene

    ResponderEliminar
  27. A fragilidade e a força das palavras, na forma onde tomam a máxima expressão, onde se tornam, onde se dão... Poesia! Bjs

    ResponderEliminar
  28. Lindos versos para um bom fado. Também podiam ter espaço na música ligeira...
    Comparo estes versos com personalidade que os criou. Sensível, frágil, delicada, mas com uma grande força expressa no que escreve. Parabéns.

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  29. Me gusta tu poema está lleno de ternura y delicadeza.Besitos amiga.

    ResponderEliminar
  30. Eu gostei do poema que exprime a fragilidade de um sentimento de mulher. Gostei do blog também. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  31. Minha querida Tecas, teu poema ficou maravilhoso...frágil tal qual o amor...sublime...e forte também...
    Já sentia saudades de ti, viu?
    Beijos...com carinho...e uma orquídea lilás para alegrar o teu dia!

    ResponderEliminar
  32. Tecas querida
    Sublime!!! Só alguém com uma sensabilidade como tu minha amiga consegue me transmitir algo onde senti o significado de cada palavra.
    Um beijinho muito grande.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  33. Olá! Vim desejar-te um bom S.João e ao mesmo tempo ler-te um pouquinho...

    Notei a tua ausência, eu estou a trabalhar para o meu segundo livro e para 3 novas participações em ANTOLOGIAS POÉTICAS...

    Bjnhs ZezinhoMota

    A Poesia do Zezinho II http://zezinhomota1.blogspot.com
    A Poesia do Zezinho http://zezinhomota.blogspot.com

    ResponderEliminar
  34. às vezes temos um coração de cristal, quando quebra é pior que vidro, rs
    Bjsss, belo post!

    ResponderEliminar
  35. Tecas, a tua sensibilidade é impressionante!
    O vidro cristalino da tua alma...
    Subliem!!!
    Beijo
    C.A.

    ResponderEliminar
  36. Os Amigos verdadeiros são aqueles que
    vêm compartilhar a nossa felicidade
    quando os chamamos,
    e a nossa tristeza sem serem chamados.
    Vim te fazer um carinho e
    dizer que sua amizade é muito importante
    para mim!
    Pela paz que você semeia,a alegria que transmite,
    as verdades que afirma,o senso de justiça que você tem.
    Pela doce simplicidade dos gestos.
    A sabedoria que guia teus passos.
    Pela sua simplicidade,por tudo
    que representa na minha vida.
    Um feliz final de semana beijos
    de paz e luz,Evanir
    Obrigado por sua Amizade!!

    ResponderEliminar
  37. Minha querida amiga Tecas,vou ter de ter cuidado contigo...rsse és de vidro...ainda me corto...rs.
    Sensivel, transparentemente belo.
    Abraço
    José Pedro

    ResponderEliminar
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  39. "eu sou de vidro
    frágil, fino, delicado
    não de vidro embrutecido"
    Curioso... sabes que é essa a imagem que tenho de ti há imenso tempo?
    Falando do poema, gostei muito. Estás a escrever cada vez melhor. Para quem é frágil... é obra...
    Querida amiga Tecas, boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  40. bom dia minha amiga tecas,vim convidar voce a participar de uma brincadeirinha no bloguinho ,mimoseselinhos.blogspot.com,as regrinhas estão postadas lá é muito facil,espero que participe
    eque se divirta nos contando quais as coisas que voce mais ama???,espero voce com carinho marlene

    ResponderEliminar