Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





21/08/11

Imagem Susan Rios

a poesia, meu amor, não está no verso
está escrita no espírito da Natureza.
a poesia, meu amor, lê-se na pele da Terra estendida há milhões de anos.
lê-se na frescura da água, testemunha abençoada da idade e do tempo.
lê-se no melodioso som da brisa, desflorando o segredo das árvores.
lê-se no silêncio verdejante e no festim colorido das flores.
lê-se no sereno trinar das aves e no bailado mágico das suas asas.
lê-se nos olhos gretados das pedras e nos altos ombros das montanhas.
lê-se no espelho dos rios e na vastidão ondulante dos oceanos.
a poesia, meu amor, não está na rima
está escrita no espírito do Universo.
a poesia , meu amor, lê-se na viagem do vento, na gravidade da chuva
na alvura da neve, no relâmpago prateado.
lê-se no amanhecer dourado do sol e no crepúsculo da despedida.
lê-se no império das estrelas e na luz nocturna da lua, mãe das ilusões.
lê-se no eterno infinito do mais infinito.
lê-se no silêncio dos silêncios.
a poesia, meu amor, não tem estrofes
lê-se na vibração da vida, na seiva, na felicidade, na alegria, na esperança.
lê-se na nuvem da angústia, no medo, na dor,
na solidão.
a poesia, meu amor, lê-se no perfume irrequieto do sorriso das crianças.
lê-se na neve dos cabelos, nos rostos de renda, nos corpos curvados.
lê-se em ti, em mim, unidos num só corpo, num beijo, numa carícia
presa ao movimento que o germe do afecto nos ordena,
num caudal de
ternura, delírio e desejo.
a poesia, meu amor, não está no verso
lê-se no circunflexo amoroso da Natureza e do Universo.

"in" Pleno Verbo

47 comentários:

  1. Agradeço a sua visita em meu blog e vindo aqui conhecer, deparo-me com esta linda poesia.
    Com sua permissão vou segui-la.
    Que tenha uma bela semana.

    ResponderEliminar
  2. Tecas querida
    Lindo poema com palavras muito sentidas.
    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  3. Divina poesia, Tecas! Isso é inspiração divina, ou vês em tudo poesia? " a poesia, meu amor, não está no verso/ está escrita no espírito da natureza" Ela está onde está a tua alma, amiga. Lindo,maravilhamente lindo, o teu poema.
    Beijo grande,
    C.A.

    ResponderEliminar
  4. Minha querida amiga

    Que dizer? Fiquei sem palavras perante este caudal de sentir, esta cascata a escorrer do teu corpo e da tua alma...do fogo dos teus dedos e da ternura do teu coração...Isso é a poesia...e tu és poesia.

    Deixo um beijinho com carinho
    Rosa

    ResponderEliminar
  5. A poesia lê-se em qualquer recanto do corpo e da alma...
    Completa-nos.....ajuda-nos...abriga-nos....
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  6. Querida Teca, é um prazer ler-te. É uma alegria que queira declamar um poema de minha autoria e fico muito agradecida com a sua gentileza em me avisar. Um abraço, Yayá. Ps. Não sei se você recebeu a outra mensagem e na dúvida, envio-te outra.

    ResponderEliminar
  7. Isto é pura poesia, Tecas. Um caudal de palavras elevadas no poema. Lindo.
    Beijo-te com admiração,
    Helena P.

    ResponderEliminar
  8. Calma tudo tem geito
    nessa vida.
    Não faz sentido perder o juiso
    se hontem nada deu certo.
    Se você tem fé ..Tem Amor
    mais nada vai bem contigo.
    Alguma coisa ainda te falta
    consulte no fundo do seu coração
    algo que sem perceber você deixou de lado.
    Deus sabe quanto agradeço por ser sua amiga.
    Um abençoado final de Domingo.
    Bjs no coração,Evanir.

    ResponderEliminar
  9. querida amiga que bom ter vindo te visiter e ter encon trado este presente tão lindo que é este poema divino que tocou fundo minha alma.
    bjs querida,tenha uma linda tarde marlene

    ResponderEliminar
  10. ...e a poesia minha querida amiga só nasce assim, de um coração do tamanho do mundo
    ...a poesia só nasce assim de um coração que antes de nascer já é poeta
    ...a poesia só nasce assim quando a alma já não segura as palavras
    ...a poesia só nasce assim, quando a arte e lirismo andam de mãs dadas!
    Do melhor que a nossa literatura tem, minha querida Tecas!
    Uma emoção!
    Abraço enorme!

    ResponderEliminar
  11. Lê-se poesia no festim colorido das flores.
    Nas cores das folhas caídas do outono,
    no encontro e no abandono,
    na alegria e na dor.
    A poesia é poesia onde for.
    Realmente, a poesia, minha amiga,
    não está no verso,
    a poesia faz parte do universo
    de criaturas sensíveis como você!
    Um beijo
    Com carinho
    da
    Fátima

    ResponderEliminar
  12. Tecas querida, que poesia mais linda. Direi mesmo divina, sublime. A poesia nasce em ti com uma sensibilade que transcende a minha compreensão. Quem me dera ser poeta...
    Beijos da tua amiga,
    Catarina.

    ResponderEliminar
  13. Um barco parado no cais de espera
    Amarras soltas do frio ferro
    Uma gaivota adormeceu sem penas
    Uma criança chora no meio do aterro

    Cheio de penas amarro a alma
    Uma saudade arrocha meu peito
    Sou um caçador de nuvens breves
    Um romântico sem ponta de jeito

    Um barco de papel perdido do norte
    Roseira plantada num campo de pedras nuas
    Uma casa perdida da sua cidade
    Um labirinto feito de mil e muitas ruas


    Doce beijo

    ResponderEliminar
  14. Tecas querida,que deslumbramento causaste em mim!!!
    A poesia,menina,está em ti,em seu estado mais puro,em tuas palavras que nos fazem voar nas asas de tua imaginação e em teu lirismo e doçura que atravessam o oceano e vem,mansa e delicadamente,nos tocar o coração.
    Bjssssss carinhosos,
    Leninha

    ResponderEliminar
  15. Que bella poesía Tecas, esperanzadora y plena de espíritu para nosotros y nuestro planeta, muchas gracias por tu visita a mi blog, un abrazo cariñoso,

    ResponderEliminar
  16. A poesia meu amor é sentida até mesmo nos pingos da chuva que escorrem pela vidraça em uma doce tarde de verão... Maravilhosamente delicioso aos nossos olhos. Amei colher poesias em teu jardim... Obrigadinha pela visita. Te beijo carinhosamente...

    ResponderEliminar
  17. Preciosa poesía donde la defines perfectamente...
    "en la Naturaleza, en el Universo".
    Un placer leerte Tecas.
    Un abrazo y feliz semana.
    Ramón.
    P.D.: Muy buenas las composiciones que escoges para complementar con tus poesías.

    ResponderEliminar
  18. O meu beijo e o meu carinho! Saudades!

    AL

    ResponderEliminar
  19. Querida amiga começa mais uma semaninha em nossas vida e começo a minha me emocionando com este tão profundo escrito. Que cada dia desta semana seja pontilhado de luz e sorriso e passa pela galeria do ostra da Poesia pois tem um selinho te esperando. Um enorme beijo no coração!

    ResponderEliminar
  20. muito bom, amiga! tanto do meu pensar aí!

    neste momento, estou no brasil de férias, em casa de amigos. uma viagem muito bonita :)

    beijos de amizade
    jorge

    ResponderEliminar
  21. A poesia está no sangue de quem a escreve e na alma de quem a lê.

    Que tenha uma semana poética

    SÃO

    ResponderEliminar
  22. TECA



    Bela imagem
    Belas palavras

    Das pequenas coisa as grandes coisa.

    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Oi, Tecas! :D
    Eu concordo plenamente com seu poema. Mais uma vez você caprichou. É lindo!
    Também vejo a poesia nas coisas mais simples da vida e nas emoções humanas.
    Gostei desse trecho: ... luz nocturna da lua, mãe das ilusões" - ótima definição. =)

    Bjs ;)

    ResponderEliminar
  24. Preciosa poesia, lindas palavras e bela imagem.
    Olhar a Natureza e o Universo com os olhos da alma.Só quem tem a poesia em si, assim a descreve.
    Beijos
    Jorge Santos

    ResponderEliminar
  25. Oh...a poesia está onde o amor estiver....sempre!
    Bj

    ResponderEliminar
  26. Olá,Tecas!!!

    A poesia está em tudo!
    Belíssima poesia!!! Com muito encanto!!!
    Beijos pra ti!

    ResponderEliminar
  27. Olá,Tecas!
    Fabuloso poema. A poesia está onde tu estás...natureza e universo...
    Abraço do seu admirador
    José Pedro.

    ResponderEliminar
  28. Oi! Poesia da natureza! Os versos voam serenamente... um encanto!
    Beijo carinhoso.

    Ah! Eu fiquei honrada com sua visita.

    ResponderEliminar
  29. A poesia, minha amiga está sobretudo no coração dos poetas...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  30. Ola´, como alguém já disse aí, "a poesia está aonde o amor estiver", eu amo poesias, adoro brincar com palavras, gosto de versos simples...
    Beijos da Mery.

    ResponderEliminar
  31. Lindo Tecas. São palavras de um profundo sentimento.

    Saudações de Paz, Luz e amor

    ResponderEliminar
  32. Para ti poeta TECAS!!
    Ser poeta é alargar as fronteiras
    Para além do corpo corpóreo,

    NASCER E MORRER POETA
    Visita seu mundo interior.
    Descobre teu ardor,
    nas palavras de poeta,
    existe, em ti a poesia,
    alem de existir alegria,
    para além dos vínculos,
    Leva,outros a sentirem teu grito
    o mundo te irá sorrir,
    enquanto morar em ti a poesia
    abraço, amigo
    da joaquina

    ResponderEliminar
  33. Bella poesia,gracias por la visita,espero que tu vuelta sea feliz y placentera,un abrazo,J.R.

    ResponderEliminar
  34. A poesia anda por aí
    em todos nós

    mas só alguns tentam reproduzi-la
    por escrito
    e só a esses chamam de poetas
    injusta mente

    ResponderEliminar
  35. muito bom,vim conhecer teu cantinho e gostei...e te convido a passar no blog do meu amigo e ver o acróstico que Regininha fez prá ele.Deixa teu comentário lá para ela se sentir feliz.É uma menina que precisa do nosso incentivo para ver se aparece alguém que dê força para ela escrever seu livro.
    http://pedrofransilva.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. Querida amiga e grande poetisa Teresa Gonçalves
    Majestoso, fascinante, arrebatador este teu poema A POESIA MEU AMOR...
    ///a poesia, meu amor, lê-se na viagem do vento, na gravidade da chuva
    na alvura da neve, no relâmpago prateado.
    lê-se no amanhecer dourado do sol e no crepúsculo da despedida.
    lê-se no império das estrelas e na luz nocturna da lua, mãe das ilusões.
    lê-se no eterno infinito do mais infinito.
    lê-se no silêncio dos silêncios.///
    A poesia está em teu coração e na tua linda inspiração.
    Quanta beleza neste teu verso querida amiga. Eu fiquei levitando ao ler este teu poema e tentar interpretar a tua alma sonhadora.
    Receba o meu aplauso com admiração,
    Socorro

    ResponderEliminar
  37. Olá, Tecas, passei para visitar seu "Coração entre Palavras" e já me instalei, muito acolhedor, tem um visual lindo e textos lindíssimos. Já sou seguidora.
    Convido você a visitar o meu Sapatinhos da Dorothy, se gostar se instale.
    Um abraço carinhoso,
    Sandra

    ResponderEliminar
  38. Que Deus me conserve por mais algum tempo nessa
    morada de sonhos que é a blogosfera
    e meus tesouros de amigas e amigos...
    Cada dia pode ser o ultimo em nossos
    vidas por isso tudo que desejo é paz...
    E se amanhã não me for permitido passar mais aqui
    conserve consigo a humidade que vou deixar
    para sempre com você....
    Creia não existe dor que Deus não cure
    ninguem sofre pra sempre...
    Hoje digo com absoluta certeza
    só Deus sabe quanto você me ajuda com seu amor
    e amizade sincera seu gesto de carinho é tudo
    de bom.
    Um beijo terno e carinho
    guarde contigo meu carinho pra sempre.
    Bjs ,Evanir..
    Um lindo e abençoado final de semana...

    ResponderEliminar
  39. Poema intenso, cheio de grande sensibilidade, você tem uma grande sensibilidade mostrada em seus versos, beijos

    ResponderEliminar
  40. O POEMA VIVENDO

    sairá o poema da voz
    para ser um som,
    grito apenas?

    gosto de imaginar
    um suspiro

    de açúcar e claras…
    Mim

    "in"... Pleno Verbo! Gostei. Bjs

    ResponderEliminar
  41. Verdade. A poesia solta-se de tudo o que pulula à nossa volta. Urge estar atento para a absorver.

    Bjos

    ResponderEliminar
  42. Minha querida!
    à procura de uma imagem escolhi esta. Qual não foi a minha surpresa ao deparar com o seu blog! Os mesmo gostos. A mesma sintonia.Coincidência ou acaso?
    Já não sei nda deste nosso (outro) mundo!
    Terno abraço

    ResponderEliminar