Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





26/02/11

Imagem da Net

abro as asas queimadas
renasço e recrio-me
voo na carícia do tempo
desnudo silêncios
encantos e mistérios
tormentos revoltas
de dentro para dentro de mim
T.G.

19/02/11

Imagem Galeria Bcctrilla-FlicKr

em cada letra
invento uma palavra
nela ponho o coração
uno-a às outras
as de ontem
que o tempo não gastou
e entre palavras
inventadas
perfumadas
angustiadas
estão sílabas de amor
de fulgor
de ardor
de dor
e quando o corpo partir
deixo a alma
no coração das palavras

"in" Livro Singelo Canal

11/02/11

Imagem da Net


dancei nua a música da chuva
num país distante presente em mim.

de cabeça erguida aos céus
dei os cabelos ao vento
e de braços estendidos
dei as mãos ao aroma sublime da terra seca
e quente beijada por ela.
dancei livre ao sabor do ritmo fresco
vestido de água que me unia ao Universo.

dancei
dancei nua a música da chuva
na praia de um mar azul celeste
sereno, deserto de gaivotas
até transcender e desfalecer
sobre os grãos húmidos.

anos e oceanos nos separam.

hoje a música da chuva,
cai sobre a chuva dos meus cabelos.
o som é diferente.
a chuva é diferente.
o mar é diferente.
e dos meus olhos,
soltam-se gotas salgadas e quentes
da gaivota morta que num dia de sol
entrou neles.

"in"do Livro Entre Dois Nós