Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





29/07/13

A COR


disse-me a nativa “licenciada “ em búzios:
o preto é tua cor.
acreditei.
disse-me uma amiga:
o vermelho é tua cor.
acreditei.
disse-me um pintor:
o azul é tua cor.
acreditei.
disse-me uma suposta médium:
o amarelo é tua cor.
acreditei.
disse-me um pastor:
o verde é tua cor.
acreditei.
disse-me um psicólogo:
o branco é tua cor.
acreditei.
um dia, num daqueles dias em que o céu está cinzento,
dei comigo a pensar na minha facilidade em acreditar.
peguei um pincel e numa gota de tinta de todas as cores.
misturei-as. resultado: cor indefinida que não gostei.
Afinal todos se enganaram ou serei um arco - íris ? 
quem sabe?
é que, por acaso ou não, tenho uma atração pelo lilás.


in" livro Painel Multicor II- Vº" 

19/07/13

MINHAS ASAS

                                                     Imagem:  Spreading- dandilion

minhas asas…ó asas minhas
quebradas nas ondas do vento
em que hora e tempo voaram sozinhas
pelo espaço azul, em que momento!

momento partido, momento chegado,
momento presente sem faróis de luz,
quebradas as asas em outro passado
que outra razão assim a conduz…

magoadas penas quem vos vai curar
será Deus apenas Razão em outro lugar
onde a vida leva o esquecimento?

então ireis voar na eternidade
e não levareis qualquer saudade
somente o segundo desse momento.


*painel multicor – volume II*
( poema com musica e voz do compositor José António Gonçalves)