Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





29/07/13

A COR


disse-me a nativa “licenciada “ em búzios:
o preto é tua cor.
acreditei.
disse-me uma amiga:
o vermelho é tua cor.
acreditei.
disse-me um pintor:
o azul é tua cor.
acreditei.
disse-me uma suposta médium:
o amarelo é tua cor.
acreditei.
disse-me um pastor:
o verde é tua cor.
acreditei.
disse-me um psicólogo:
o branco é tua cor.
acreditei.
um dia, num daqueles dias em que o céu está cinzento,
dei comigo a pensar na minha facilidade em acreditar.
peguei um pincel e numa gota de tinta de todas as cores.
misturei-as. resultado: cor indefinida que não gostei.
Afinal todos se enganaram ou serei um arco - íris ? 
quem sabe?
é que, por acaso ou não, tenho uma atração pelo lilás.


in" livro Painel Multicor II- Vº" 

9 comentários:

  1. Existem cores que não gosto, mas sou apaixonada pelo arco-íris.

    Excelente adorei aliga.
    boa semana querida.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  2. Arco-íris, sem dúvida!


    :)

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  3. Pintado assim!... Está bem para o Joaquim que é daltónico.
    Quando olho para o arco-íris noto tons diferentes mas não sei defini-los.
    Vivi um momento, em Pedras Rubras, que por mais anos que viva jamais olvidarei... e, apareceu o arco-íris...
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  4. Tecas, misturaste bem as cores? Beijo grande...
    C.A.

    ResponderEliminar
  5. Pasei para deixar o meu beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  6. Uma paleta de cores.
    Num excelente poema.
    Tecas, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. É a cor sobre a qual escreves um poema....
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  8. As cores suaves das palavras...num arco íris perfeito...
    Gostei muito
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar