Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





17/05/09

NÃO FALES DE MIM

Imagem do Google


não fales de mim.
não fales se não falares com a dignidade
que merece todo o ser humano.
não apregoes o que fazes por mim
para mostrar bondade.
não exponhas as minhas fraquezas
fazendo leilão popular para evidenciar
a tua suposta superioridade.
não aproveites a humilhação da minha pobreza
para mostrar talento.
não menciones o meu nome
para teres sucesso.
não fales de mim. ainda não to disse?
digo-te agora.
não fales de mim.
não fales sem que percas primeiro 1 hora
do teu dia em frente ao espelho da consciência.
se perderes 1 hora do teu dia em frente a esse espelho
verás que te sobra pedantismo e não terás vontade
nem coragem para falares de mim.
ninguém tem o valor que pensa ter e sim o valor
que os outros dão.
olha para o teu próximo e tenta ver em seu peito o V
da vitória.
o V que pensas teres em ti mas que só tu o vês e mais ninguém.
não fales de mim. não fales.

Ísis( Tg)

14 comentários:

  1. Olá Teresa..

    Belo texto!
    A humildade é uma das maiores virtudes...
    E as coisas mais simples, são as mais belas!...

    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  2. e há também um v de verdade que é a qualidade mais frequente dos seus poemas, teresa. um beijo.

    ResponderEliminar
  3. __________________________________

    Uma tristeza grande nos seus versos...

    Beijos de luz e o meu especial carinho!!!

    ____________________________________________

    ResponderEliminar
  4. Nada no teu poema é colhido de fora, tudo brota, do mais sensível de ti

    beijo, que me visitaste com tanto carinho

    El

    ResponderEliminar
  5. Poema que é um apelo tão forte que ninguém pode deixar de atender.
    Parabéns!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Um apelo à nossa condição de Homem!

    E, no seu comentário ao meu poema, de facto, aquilo de que eu falo, é do homem armado em deus!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Querida amiga,
    Um poema belo e triste, de uma alma sentida e corajosa!
    Beijinho e Xi grande!

    ResponderEliminar
  8. Um poema cheio de sentimento verdadeiro.
    "ninguém tem o valor que pensa ter e sim o valor
    que os outros dão" De acordo. Um beijo.

    ResponderEliminar
  9. um poema que não é apenas sobre ti...mas sobre todos nós! Com uma grandeza que as palavras tão bem ritmada fazem realçar
    beijos e gosto muito de te ler

    ResponderEliminar
  10. Um belo poema que é uma verdadeira lição de comportamento social.
    Gostei muito cara amiga, parabéns pelas palavras (e conteúdo) tão interessantes.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. um poema saído do vivido com um pensamento positivo e construtivo como o teu ser.
    Bjs
    Luz e paz em teu caminhar

    ResponderEliminar
  12. Um minuto basta, do olhar reflexo de nós, para que a humanidade se nos instale.
    A força do teu poema aclara instantes mais leves...
    Um bjinho grande, poeta

    ResponderEliminar
  13. O teu texto/poema é certeiro.
    Isto é, contém em si mesmo, simultaneamente, os ingredientes do conselho e do erro mais comum.
    Sim, eu acho mesmo que quase toda a gente fala demasiado dos outros. Antes mesmo de olhar por si abaixo...
    Parabéns querida amiga, o meu aplauso por este texto tão bom.Boa semana, beijo.

    ResponderEliminar
  14. Olá! Peço desculpa pela minha ausência, mas estou sempre que possível a “espreitar” pela janela do vosso Blog.
    Nem tempo disponível, nem disposição me tem permitido ler a grandeza das mensagens que me oferecem.
    Tem estado difícil para os meus lados, com doença complicada de um elemento da família, a complicar e a dar voltas inesperadas à vida.
    Tem sido difícil com correrias de visitas, de oferta de calor humano e familiar; de procura de remédios para o que já parece não haver remédio.

    Peço-vos desculpa, mas com tempo virei aqui desabrochar outras Primaveras, quando as tempestades se fizerem ao largo e serem esquecidas, ou pelo menos, arrumadas.

    Voltarei a seu tempo.
    Beijos e abraços com amizade.

    José Faria

    ResponderEliminar