Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





23/07/09

" contra ponto"

Pintura Jean Mannheim

sou espiral do ponto de interrogação
um ente da exclamação de espanto
sem retirar uma vírgula ao que digo
no entanto
deixo reticências na afirmação

entre parêntis me revelo
pondo o ponto e vírgula de parte
que em aspas vivo no castelo
dos verdes no planeta Marte

e sendo mais coração do que razão
tenho a porta aberta a Morfeu deus irreal
que me põe nas asas fim de citação
e assim me eleva ao ponto final.

"in" entre dois nós"

14 comentários:

  1. É isso mesmo!! Gostei imenso. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Pronto! És excelente e, ponto final e mais exclamação!
    Beijos amiga
    Olha, ou lê-me(:) Amanhã vou tentar semear poesia no Flor de Pedrouços, com o José Ribeiro.
    Pode ser que seja bem aceite e tenha continuidade.
    Pedrouços precisa mesmo de arte e de letras.

    ResponderEliminar
  3. entre parêntis me revelo
    pondo o ponto e vírgula de parte
    que em aspas vivo no castelo
    dos verdes no planeta Marte...

    TECAS, QUE VERSOS MAIS LINDOS, TUA ALMA FLUTUA EM MARTE...
    BEIJOS SAUDOSA,
    EFIGÊNIA

    ResponderEliminar
  4. Uma interessante composição

    baseada nos sinais da nossa pontuação.

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom dia querida amiga
    Com o coração mais forte que a razão, a pontuação reside para lá do óbvio; no planeta da tua alma transcendente!!
    Lindo!
    Bj e Xi

    ResponderEliminar
  6. Bom dia querida amiga,
    Com o coração mais forte que a razão, a pontuação reside para lá do óbvio; no planeta da tua alma transcendente!!
    Lindo!
    Bj e Xi

    ResponderEliminar
  7. A pontuação a servir para falar de amor. Excelente. Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Excelente!
    Ai Morfeu, Morfeu, que levas a amiga Tecas para os verdes de Marte...
    Um bjinho e uma flor

    ResponderEliminar
  9. Brilhante querida amiga.
    O teu poema, para além de bem escrito, é muito imaginativo.
    Continua assim, sem retirar uma vírgula ao que queres dizer.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. gostei muito, tecas!
    também (me revelo)...
    também + coração...

    beijos, tecas
    luísa

    ResponderEliminar
  11. Tecas...

    Uma excelente lição de gramática!

    Porém, nós os poetas,
    violamos todas as regras!
    Não nos regemos
    pelas leis gramaticais!
    As leis dos poetas,
    são intemporais!!!


    Um beijo...

    ResponderEliminar
  12. :) gosto das asas dos seus poemas, teresa. um beijinho e até breve.

    ResponderEliminar
  13. Só uma exclamação ... Excelente!

    ResponderEliminar
  14. apenas para dizer que adorei este encontro perfeito com a pontuação tão bem sincronizada
    deixo-te um beijo e desejos de bom fim de semana

    ResponderEliminar