Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





07/09/10

POEMA TREZE DE SETEMBRO

Imagem alaya_gadeh mil sois
mil luas
mil estrelas
num Setembro recebi de ti
no mais belo poema que vivi
escrito a carícias no cetim do meu corpo
escrito nos meus lábios pelos teus beijos
escrito no meu rosto pelo sol dos teus olhos.

mas...
o destino quis fazer as partilhas da vida
e dele em outro Setembro recebi
o mais triste poema que vivi.

mil lagos
mil rios
mil mares
em mil dores
eu enchi por ti

mil sois
mil luas
mil estrelas
mil dias
mil noites
mil sonos
mil sonhos
eu perdi
e hoje canto mil saudades em mil letras de amor
ao mais belo poema que vivi.

"in" painel multicor volume II

18 comentários:

  1. Expressão poética de amor e saudade...sentimentos
    a transbordarem em cada palavra.
    Treze de Setembro...data que não esqueçes, Tecas.
    Beijo
    Catarina

    ResponderEliminar
  2. Um poema de amor e mágoa, muito belo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. que maravilha a parte final! ADOREI!!!

    muitos abraços, amiga!
    jorge

    ResponderEliminar
  4. Poema de amor, perda e saudade.Recordar é viver.
    Lindo.
    Beijos.
    Helena P.

    ResponderEliminar
  5. lindo!

    o meu poema tbem começou em setembro...nunca tinha me dado conta disso!
    beijo!

    ResponderEliminar
  6. Muito bem,

    amigo Tecas!

    Bom resto de fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. que possas ainda (vi)ver belas realidades.

    beijos da El

    ResponderEliminar
  8. um poema escrito na primeira pessoa do sentimento. um beijinho grande, tecas*

    ResponderEliminar
  9. Tecas, minha querida amiga, o teu poema é fabuloso. Parabéns pela tua criatividade, não só poética, mas também estética (os olhos também comem...).
    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Quem assim sente e escreve, no seu coração o amor permanece.
    Beijos
    C.A.

    ResponderEliminar
  11. do mais belos poemas que li
    mil beijos te deixo

    Carla

    ResponderEliminar
  12. Muito belo este poema de amor.
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Tem encanto, magia e saudade este poema de amor. Apetece ler, reler e desejar ser amado por alguém
    intensamente.
    Abraços
    Jorge Santos

    ResponderEliminar
  14. Tecas... Lindo Poema!
    O amor e a mágoa são inseparáveis...

    BjO´s
    AL

    ResponderEliminar
  15. Teresa Gonçalves , amiga querida, eu aqui viajando muito longe de minha casa, pois estou em Fortaleza, e ao ler sua mensagem, vim aqui agradecer, onde leio um dos poemas de Amor mais lindos destes últimos tempo, que sublim~ção , foi um momento elevado, dado o sentimento nele contido, meus PARABÉNS, com afeto sua amiga Efigenia

    ResponderEliminar
  16. Poema maravilhoso, parabéns...UM beijo da mais recente sua admiradora !!!

    ResponderEliminar