Com a voz do coração dou as boas vindas e agradeço a visita, porque, a semente mais pura do pensamento, está no coração.





03/03/09
















é nesse beijo
nesse ponto
onde o mar me afaga
e possui
que sou gaivota livre.

liberto a minha alma
vestida de penas
as minhas asas quebradas
o meu corpo nu
e encontro
o único ponto cardeal
em duas sílabas
é nesse beijo salgado
nesse ponto
que quero morrer
para renascer
em braços de espuma




"in" antologia amante das leituras

1 comentário:

  1. Belo poema onde a sensualidade impera.
    É sempre um prazer ler quem tão bem joga com as palavras.
    Um bjinho e uma flor
    Amita
    http://branco-e-preto.blogspot.com

    Nota: Ainda não entendi como não consigo comentar a não ser como anónima Loool

    ResponderEliminar